Press J to jump to the feed. Press question mark to learn the rest of the keyboard shortcuts
3

Investir em imóveis ou produtos financeiros (certificados, bolsa, etc)?

Tenho 30 anos e cerca de 30k de poupanças para investir. Estão completamente parados na conta.

Aconselham investir no mercado imobiliário (nem que seja um terreno?) ou uma solução de investimento financeira? Se a segunda, qual (sou um noob).

Nesta fase da minha vida, sinto que posso assumir algum risco e por isso contas-poupança estão fora de questão. Mas também não queria nada super volátil tipo crypto... Obrigado!

16 comments
100% Upvoted
What are your thoughts? Log in or Sign uplog insign up

O que eu faço é investir em fundos de investimento dos EUA (pode haver melhores dependendo do banco, para mim este é o mais constante) que valoriza em média 10% ao ano. Analistas crêem que está para breve uma recessão, o que seria uma boa oportunidade de investimento a longo prazo.

Para mim, só há uma forma de investir em Bitcoin: a longo prazo, o resto é gambling. Uma estratégia é investir quando há uma Golden Cross e levantar apenas quando há uma Death Cross.

Original Poster1 point · 3 months ago

Muito obrigado pela resposta, já aprendi algo :)

Podes expandir um pouco como é que na prática funciona investir em fundos de investimento americanos? Os bancos portugueses têm essa opção?

3 points · 3 months ago

No meu caso específico, escolhi o fundo de investimento de Acções dos EUA porque era o fundo que o meu banco tinha disponível com a valorização a longo prazo mais atrativa.

O que eu faço é investir sempre com a mentalidade que vou deixar lá o dinheiro no mínimo 5 anos. Isso ajuda a não perder dinheiro no caso de acontecer uma recessão.

Se estiver interessado em fundos de investimento e estiver disposto a criar conta em outros bancos, este artigo deve ajudar.

Original Poster1 point · 3 months ago

Got it. Obrigado pela explicação :)

Os meus investimentos sao de 2 tipos:

  • Certificados de aforro: Neste momento estão com juros baixos, embora com melhores do que os depositos a prazo e tambem tens prémio de permanencia.

  • Ações e ETF: Invisto uma percentagem em acçoes e indices(ETF) a longo prazo, basicamento só tenho comprado e recebido os dividendos, re-investindo. Aqui coloco um valor fixo todos os meses.

Porque não considero investir em imobiliario(para arrendar)?

  1. Liquidez: Vender um imovel não é facil. Não podes vender uma parte de um imovel. Com acçoes podes.

  2. Retorno: Por vezes vende-se a ideia que se consegue tirar entre 7% a 10% de rendimento. Mas pelos meus calculos isto é exagerado, pois se descontares: Impostos, seguros, reparações, mudanças de inquilino, IMI, condominio, etc. Raramente consegues melhor do que 3%. 3% para dinheiro bloqueado(ver ponto 1), é demasiado.

  3. Risco: Existem muitos riscos que as pessoas minimizam e que podem acontecer: incendios, vandalismo, ausencia de inquilinos, delinquência de inquilinos, impostos que podem aumentar, zona ficar com má reputação, ser construido algo mau para o edificio(discotecas, bares, etc), etc...

  4. Falta de visibilidade de valor: É dificil saber qual o valor do investimento e muitas vezes só se percebe que o valor diminuiu muito demasiado tarde.

Se não sabes investir em imobiliário não invistas.

Aposta em algo simples e eficaz: ETFs que seguem o comportamento dos maiores indices das bolsas mundiais é o que toda a gente recomenda. Essa será a percentagem de investimento de maior risco que terás.

Depois em PT podes comprar Certificados de Aforro ou CTPM que ainda é o que está a dar mais de juros. Se és novo e não prevês necessitar desse dinheiro a médio prazo (tipo comprar um carro, entrada para casa, etc) eu apostaria uma grande percentagem em ETFs.

Original Poster1 point · 3 months ago

ETFs

Mas também não percebo nada de ETFs, não é um risco? :)

Obrigado pela sugestão!

comparar ETFs com comprar um apartamento ou terreno p investir parece-me que o risco é maior no 2º caso.

o princípio q toda a gente recomenda ETFs é que basicamente vais seguir o mercado e historicamente a longo prazo o mercado bolsista sobe sempre e com rendimentos apreciáveis.

Comprar ETFs não é uma coisa mt difícil, mesmo que não compres O melhor dos melhores, não é grave dsd q seja numa estratégia de diversificação.

Se comprares um terreno que dps descobres que afinal ng quer viver ali acho q é mais arriscado...

Se n queres chatices, 98% CTPM + 2% em CAforro.

Original Poster1 point · 3 months ago

Muito obrigado pela ajuda, a sério :) Vou ler mais sobre ETFs e explorar melhor a opção.

já agora, em Portugal a maioria da malta recomenda comprar na Degiro. em Portugal deves comprar ETFs com custos baixos e especialmente que façam acumulação dos dividendos (pq assim só pagas imposto qd venderes aquilo e não qd recebes os dividends)

1 point · 2 months ago · edited 2 months ago

A única vantagem de investir em imóveis de que em ETF é que recapitalizares-te com dinheiro que não é teu. Nenhum banco te vai emprestar dinheiro para investir num ETF apesar de darem mais retorno do que o mercado imobiliário, mas todos te vou emprestar para investires em imóveis.  

Por exemplo:  

Se investires num ETF, investes os 30k. Se ganhares 5%, os 5% são sobre os 30k, logo 1.5k  

Se investires num imóvel, consegues comprar um de 300k com os 30k de entrada.Logo consegues investir 300k apesar de só teres 30k. Se ganhares 5%, os 5% são sobre os 300k, logo 15k

Embora neste caso estarias a investir alavancado! se o imovel descer 5% e quiseres vender, perdes logo 15k... Não recomendo investir alavancado por divida.

Não perdes porque compraste com dinheiro que não é teu e ainda não o devolveste.

Mas estás sujeito a juros que podem aumentar e se mercado descer e não conseguires manter a posição, vai doer.

Não é por o preço baixar que os juros vão aumentar. Só no caso de não conseguires pagar é que tens uma perda maior.

Antes pelo contrario, opreço das casas é que é afectado pelo valor juros! E sim existe uma relação directa: https://www.economicshelp.org/blog/10942/housing/house-prices-and-interest-rates/

Community Details

592

Subscribers

10

Online

Assuntos de finanças pessoais para o cidadão português. Esclarecimento de dúvidas, links educativos, ELI5s, assuntos financeiros básicos e complexos, bolsa, negócios, contas e depositos bancários, seguros, títulos, swaps, etc, etc, etc.

Create Post
Cookies help us deliver our Services. By using our Services or clicking I agree, you agree to our use of cookies. Learn More.