Press J to jump to the feed. Press question mark to learn the rest of the keyboard shortcuts
6
Archived

Onde compram ETFs?

A recomendação clássica em todos os reddits de finanças é ter uma percentagem do nosso portfolio em ETFs que seguem os indices da bolsa, dado que historicamente têm bons resultados e baixos custos de gestão.

A minha questão: para um português, onde é que compram e mantêm esses ETFs? A deGiro parece ter um preçário fantástico mas deixa-me um pouco nervoso: teoricamente os meus ETFs são para ficarem por lá durante muitos anos e a confiança q eles não abrem falência ou simplesmente saem de Portugal é mt importante...

Alguém tem algum ETF em alguma entidade nacional q tenha guarda de títulos com custos aceitáveis?

13 comments
81% Upvoted
This thread is archived
New comments cannot be posted and votes cannot be cast
level 1

Eu tenho os meus ETFs com o Banco Invest (não têm comissão de títulos e têm dos custos de negociação mais baixos). Outra opção será a GoBulling, penso que eles têm uma parceria com a Deco. Também estive a analisar a deGiro mas não consegui perceber como é feita a segregação das contas de títulos e de cash, por isso para já não é uma opção.

level 2

O que é dito na página da Degiro é que ambos os títulos e o cash são separados do balanço da entidade que tem a custódia deles:

https://www.degiro.co.uk/about-degiro/safe-and-reliable.html

Pergunta sincera: há risco em não haver uma segregação entre o próprio cash e os títulos? Não podem estar protegidos pela mesma entidade?

level 3

Penso que a única divisão do cash e dos títulos ocorre na plataforma do DeGiro, em caso de falha desta como é feita a prova da posse dos títulos e do Cash (o cash está todo numa única conta do Deutsche bank).

level 1

Eu tenho na DeGiro. Na hora de registares uma conta, tens de ter em atenção em criar uma conta custódia (que não está marcada por omissão) para teres os teus titulos segregados.

level 2
Original Poster1 point · 1 year ago

Mas nesse caso perdes algumas taxas grátis ao usar a conta custódia.

eu tmb estou inclinado para escolher a custódia mas o certo é que mesmo isso não me garante que daqui a 20 anos o meu dinheiro ainda ali esteja :\

level 3

Isso é uma milion dollar question. Também ninguém diria à 5 anos atrás que o BES não estaria aqui :)

Edit: em relação às taxas, no meu caso, prefiro o "peace of mind" do que não pagar as taxas, que ainda assim, são estupidamente baixas, quando comparadas com outras correctoras.

level 4
Original Poster1 point · 1 year ago

é bem verdade, qd abrir conta na degiro tmb vai ser com custody.

Já agora, q ETFs tens? com custody é mesmo obrigatório ter ETFs accumulating para evitar custos com dividendos.

level 5

Não. Podes ter ETF's que acumulem ou distribuem dividendos. A política de distribuição dos dividendos, não está relacionada com o tipo de conta. Eu tenho neste momento, várias unidades de 4 ETF's, acções 70%, obrigações 15%, REIT 10% e Ouro 5%.

level 6
Original Poster1 point · 1 year ago

sim mas creio q numa conta custody os dividendos pagam comissão, enquanto que na basic n paga, daí a minha diferença.

Podes indicar q produtos tens especificamente?

Andas a reforçar ou meteste dinheiro há algum tempo? Estou naquela habitual indecisão q isto agora é má altura de meter pq o mercado tá em super-altas :)

level 7

Meti dinheiro em 2015 e reforço sempre que posso. Nos investimentos a longo prazo, o timing é irrelevante, meteres agora ou mais tarde, no longo prazo a difrença é minima. Tenho estes:

  • IE00B4L5Y983 70%

  • IE00B3B8PX14 15%

  • LU1437018838 10%

  • DE000A0N62G0 5%

No meu caso, para evitar a tributação, todos acumulam dividendos. Assim, só serão tributados quando os vender, e nessa altura, espero estar a viver noutro país, mais favorável.

level 8
Original Poster1 point · 1 year ago

ok, obrigado, parecem-me bem.

Para já estava a meter só em acções e bonds para simplificar, até pq isto já faz parte do meu património de "maior risco" pq já tenho uma boa parte em coisas mais seguras, portt n tenho problema em estar 100% exposto a acções.

Se bem que teoricamente agora o Ouro seria boa opção se considerar que o mercado está em altas e portt sofrerá uma correcção brevemente. Mas claro, se fosse bruxo já tinha ganho o euromilhões :P

Obrigado pelas dicas

level 9

O ouro tem um comportamento muito particular. Não sobe necessariamente em tempos de crise como podes ver no passado. Além disso é uma materia prima e como tal está mais sujeita a especulação, daí a minha exposição ser mínima e quiçá, no futuro ser zero. De qualqquer modo, como em qualquer investimento, investe apenas o que estás disposto a perder (não quero dizer com isto, que em caso de perda um gajo não fique fddo, mas sim, que não fique com a "corda no pescoço").

level 8
Original Poster1 point · 1 year ago

ok, obrigado, parecem-me bem.

Para já estava a meter só em acções e bonds para simplificar, até pq isto já faz parte do meu património de "maior risco" pq já tenho uma boa parte em coisas mais seguras, portt n tenho problema em estar 100% exposto a acções.

Se bem que teoricamente agora o Ouro seria boa opção se considerar que o mercado está em altas e portt sofrerá uma correcção brevemente. Mas claro, se fosse bruxo já tinha ganho o euromilhões :P

Obrigado pelas dicas

Community Details

665

Subscribers

2

Online

Assuntos de finanças pessoais para o cidadão português. Esclarecimento de dúvidas, links educativos, ELI5s, assuntos financeiros básicos e complexos, bolsa, negócios, contas e depositos bancários, seguros, títulos, swaps, etc, etc, etc.

Create Post
Cookies help us deliver our Services. By using our Services or clicking I agree, you agree to our use of cookies. Learn More.